segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Balancei, balanço e balançarei





“Acabou o medo.
Agora sei que o medo
é apenas medo. Só isso
Não é medo “de” ...
É medo apenas...
Medo de viver”

A ostra e o vento


Balanço?
Quando criança eu tinha um. Era igual ao da pré-escola onde estudava, em ferro vermelho com os bancos em plástico amarelo. Era um balanço para dois. Dois que se sentavam frente a frente. Como para compartilhar. Compartilhar o embalo. Um embalo quase maternal...
Nada que me proporcionasse emoções fortes, apenas um brinquedo que ficava no fundo da minha casa, quando inda tinha um quintal pra eu brincar.
Isso foi muito antes de 2007, ou 1997. Isto foi até antes de 1987.
Em 1987 ela ainda estava lá, com cinco demãos sobrepostas de zarcão, mas ainda me embalava, sobretudo a tarde depois que chegava de escola enquanto esperava o jantar e colocava uma boneca no outro banco.
Hoje, vinte anos depois são outros os embalos que procuro. Mas ainda procuro alguém pra sentar no outro banco. Há muito meu balanço foi pra sucata e já não posso sentar-me nele com minha boneca preferida esperando que caia a noite.
Apareceram pessoas, algumas se foram, algumas voltaram. Pessoas pra compartilharam lágrimas, risos e sonhos, muitos sonhos, muitos planos... Mas ainda falta alguém “pra sentar no outro banco”.
O balanço deste ano?
Acho que balancei bastante, me diverti muito, muito mesmo.
Para o próximo ano?
Se não houver alguém pra sentar no banco em frente, que ao menos haja alguém para empurrá-lo, mas quero um balanço ao ar livre, e assim, subindo bem alto, possa sentir o vento batendo em meu rosto.Quero momentos lúdicos, felizes e inesquecíveis.
E no final do ano conto pra vocês como foi o meu balanço.

2 comentários:

Dani disse...

E não é que a menina da foto se parece com a Deisinha de vinte e poucos anos atrás? Espero que você possa encontrar alguém que balance no seu ritmo. Feliz 2008 pra nós! Beijos!

Dayse Rodrigues disse...

Ah Deisoca eu também tinha um balanço desse... Na verdade minha prima que tinha, e eu balançava com ela

Comece a imaginar alguem que queira "nesse balanço" com você, imagine sempre e você vai ver o que vai acontecer

É a lei da atração!!!

Bjs